98 Telinha e seus gatinhos

no dia que eu me zangar
mato voce de carinho

Ze´ Limeira

4.1.09

amado marido fez judô quando era moleque. ok? então, senta que lá vem a história.

amado marido tem um quimono grosso de algodão, que usa quando está frio. aproveitei o calor da semana passada e lavei o quimono.

hoje o tempo virou, ele vestiu o quimono.

eu estou usando um vestido de alça. ele foi ajeitar a alça. lembrou dos tempos de judô. me ensinou a segurar o quimono como uma lutadora: a mão esquerda segura o lado (lapela?) direito, a direita, o esquerdo.

brinquei de puxar ele para mim um pouquinho. daí puxei com força.

ele travou por um instante. e olhou para mim, espantado: tela, eu quase te joguei longe. a perna firmou e eu quase te dei um golpe.

eu olhei para ele, ele tava falando sério. eu chega senti um arrepio. abracei ele, poxa, obrigada por ter se segurado.


memória muscular, crianças. trinta anos depois, ele ainda sabe dar golpe de judô.

4 Comments:

Anonymous Cecilia said...

gente, imagina se voce toma um ippon do fred?

2:21 AM

 
Blogger stella said...

fia, eu virava paçoca.

9:09 AM

 
Blogger ila fox said...

Eita, espero que numa hora de emergencia o corpo se lembre dos golpes. :-/

4:39 PM

 
Blogger stella said...

ila, fia, depende da emergência. tem umas que o melhor é ficar bem quietinho.

6:26 PM

 

Postar um comentário

<< Home