98 Telinha e seus gatinhos

no dia que eu me zangar
mato voce de carinho

Ze´ Limeira

31.8.10

susto!!!

hoje de tarde fui no quarto da bagunça e achei muitas penas espalhadas na janela e no chão. Penas de rolinha ou pardalzinho, marrons, das pequenininhas, tipo do peito do passarinho, e das grandes, de asa. Gelei. Um passarinho deu bobeira junto da janela e alguém o pegou pela grade? O passarinho entrou em casa e virou lanche? Comecei a investigação no estilo CSI: não há sangue na suposta cena do crime, só pena. Vou investigar os suspeitos de sempre: fora uma peninha pequena nas costas da Bijoux, ninguém aparenta ser um passarinhocida. Sem sangue nos gatos, sem sangue no quarto, sem penas suficientes para um bichinho inteiro e sem restos mortais, concluo que tem uma rolinha ou pardalzinho muito assustado por aí, voando capenga.

2 Comments:

Blogger ila fox said...

Telinha, sinto em lhe dizer que o Vinil (quando era um gato livre que caçava quase todo dia) nunca deixou uma manchinha de sangue no chão quando caçava passarinhos (não sei como ele conseguia isso). Muitas vezes ele comia o bico e até as penas, tudo junto junto. O_o

Assassinato e ocultação de cadáver é pouco pra estes gatos.

11:03 PM

 
Blogger Mama and Papa said...

Wow!!!!

Grandes emoçoes!!!

E, de repente, parece que nem mesmo Hercule Poirot vai descobrir o que foi que aconteceu, nao eh?

Será que pena cresce de novo no passarinho? nao sei. Acho que nao.
(meu marido disse que se ele ja foi comido, nao...tadinho!!!)

Deixa p'ra la...

Bjs..

Hetie

9:22 PM

 

Postar um comentário

<< Home