98 Telinha e seus gatinhos

no dia que eu me zangar
mato voce de carinho

Ze´ Limeira

24.10.08

voltando para casa, de novo no 409. um engarrafamento monstro, que começou ali na praça da cruz vermelha, e só acabou na saens peña fez que uma viagem de 1 hora (45 minutos quando não tem trânsito) durasse o dobro.

ali na praça afonso pena, um casal atravessou a rua. um rapaz de preto, cabelo moicano. uma moça de vestido preto e mãos dadas com ele. na outra mão, um balão de aniversário vermelho, flutuando.

foi tão lindo... eu quis ser aquela moça :)

4 Comments:

Blogger Alline said...

Uma vez um amigo querido que eu tinha em Tefé me deu de presente um balão de aniversário enorme. Assim, sem mais nem menos. Estávamos na praça num dia de domingo, ele levantou da mesa, comprou o bolão e me deu.
Eu fiquei muito, muito feliz. Lembro disso até hj. E eu tb sai de mãos dada com ele e com meu balão azul flutuando :-)
E vc, amor meu, merece todos os balões do mundo todinho.

11:32 AM

 
Blogger stella said...

linoca, que história maravilhinda! :D
beijo, mulé-quase-casada!

9:01 PM

 
Blogger Teodoro said...

cena romântica... um beijo.

9:18 PM

 
Blogger stella said...

pois é, teodoro, é o romântico sem ser boboca. era só um casal com carinha de roquenrol passeando de mão dada. mas foi legal :D

7:53 AM

 

Postar um comentário

<< Home