98 Telinha e seus gatinhos

no dia que eu me zangar
mato voce de carinho

Ze´ Limeira

10.7.10

Oi, crianças

eu tava pensando esta semana: estamos em julho. Muriel foi diagnosticada com câncer de mama em março, operou um lado e a veterinária disse que não havia muito tempo, nem muito a fazer. E ela está aqui, dentro do possível muito bem; taxas dentro do normal, se alimentando bem. A única coisa que me preocupa, mesmo, é a maneira que os outros gatos reagem a ela. Tudo melhorou com o uso do Feliway, que a Cam tão docemente me presenteou, mas ainda assim, a situação não está normal.
Muriel só fica no quarto do computador e na cozinha. Se eu a levo pro meu quarto, começa a confusão. Levei Muriel para a sala, para que ela curtisse o sofá novo e foi um inferno. Me parece que o território dela diminuiu a esse ponto: dois cômodos e o banheiro quando ninguém tá olhando. Pq se os outros notam que ela está no banheiro, começa a observação, daí a tocaia, daí a briga.

Mas minha gorda está comigo, não sofre, vamos tocando a vida, driblando os problemas. E eu agradeço.

Muriel na sala, no sofá novo, desconfiadíssima

6 Comments:

Blogger ila fox said...

Tadinha, morro de dó desta perseguição dos gatos com ela... :-(

Minha mãe tem 6 gatos, e toda vez que um volta do veterinário, os outros estranham nas primeiras horas, mas depois relaxam.

O que será que tá pegando com a Muriel para estarem assim? :-(

12:08 PM

 
Anonymous Carmen said...

A psicologia felina é mt estranha mesmo...eles devem pensar que ela foi abduzida e que agora é tão alienigena qto a veterinária, rsrsrsrs

12:38 PM

 
Blogger pipa said...

Amo vocês bem muito.

2:44 PM

 
Blogger Helga said...

Ah, ela está tão linda!
Ela tem o rostinho meigo, os olhinhos doces, eu amo Muriel, amo.
Que São Francisco cuide muito bem dessa gatinha amada, é o que eu peço a ele.
Amo vocês, Tela querida.

10:04 AM

 
Blogger stella said...

Helga, amor de vida, amado marido disse que só quem não conhece a Muriel pode achar que ela é meiga :D

Pipa, amo muito ocês tudo

Carmen, Ila, a vet disse que o cheiro dela mudou com a doença e que os gatos não a reconhecem mais como uma do bando...

7:52 PM

 
Blogger Carmen said...

Minha mãe falou que eles sentem um cheiro diferente mesmo, mas que essa diferenciação é puro preconceito, rsrsrs

5:46 PM

 

Postar um comentário

<< Home