98 Telinha e seus gatinhos

no dia que eu me zangar
mato voce de carinho

Ze´ Limeira

5.8.07


Para Alline, que vai hoje prá Milão
como um dia eu vim pro Rio

(Saens Saint, Altay Veloso)

Largar desse cais, ir sem direção
Seguir os ventos que clamam por mim
Tecer minhas teias com minhas mãos
Sugar das entranhas desse chão meu fim
Digladiar com os dois de mim
Ser o São Jorge do meu dragão
Dividir meus segredos com a noite
Minhas verdades com os céus
Trilhar as estradas que não trilhei
Romper as portas trancadas por mim
E assim minhas mãos saberão dos meus pés
E assim renascer, e assim renascer

3 Comments:

Blogger BELA said...

AAAAAAAAI, Telinha que essa música é linda de chorarrrr!
Zizi cantando é demaaais!
Lindo post, falmiga!
Beijos

8:57 AM

 
Blogger Ione said...

Ela foi pra lá como eu vim pra cá?

10:21 AM

 
Blogger stella said...

bela, obrigada! :) alline merece!

foi, ione :)
foi encontrar o mocinho dela e ser feliz para sempre :)

11:00 AM

 

Postar um comentário

<< Home