98 Telinha e seus gatinhos

no dia que eu me zangar
mato voce de carinho

Ze´ Limeira

11.5.05

Bão, eu devo uma explicação sobre o post do coração de cristal.

Mamãe não está bem. Ela sofre de distúrbio bipolar e já é velhinha, tem 75 anos. Mas infelizmente é uma velhinha quebradinha, quebradinha. Quem dera, Magaly, que mamãe fosse internauta como você...
Nos últimos dias, desde o aniversário dela, ela vem piorando. Além da depressão há muita confusão mental. Aconteceu que agora ela acha que eu moro no rio e moro em recife também. E, apesar da lógica dizer que eu sou uma só e que estou aqui, ela está em permanente angústia e preocupação porque eu saí e não volto para casa.

Estou falando com ela todos os dias. Falo besteira para ela rir, ela não ri. Pergunto coisas, ela não responde. Outro dia, relembrei todas as histórias que ela me contou sobre o dia em que nasci e sobre minha infância. E argumentei: tá vendo, só nasceu um bebê, eu não tenho irmã gêmea. Só tem uma Telinha, eu, e eu moro no Rio já tem seis anos. Ela disse: "É a lógica, mas não adianta. Eu sinto diferente." e desligou o telefone.

Eu pensei em não falar aqui, pois estou expondo a vida e os problemas de outra pessoa. Mas eu não posso deixar vocês, que me querem bem, no escuro.

Amado Marido tá ajudando, do jeito que pode. E sinceramente o que a gente pode é muito pouco. Mesmo a idéia de eu ir para Recife passar uns dias foi descartada: posso chegar lá e ela simplesmente não me reconhecer, já que a idéia que ela tem de Stella pode ser diferente da realidade (pode ser que ela sinta falta de mim quando criança, será?) e, enfim, neste momento exato não seria o melhor para ela e nem para mim. Preciso esperar que ela estabilize para aí sim poder ajudar.

Nada falta a mamãe. Tem apoio médico, carinho e respeito. Minha irmã cuida dela, minha sobrinha mora com ela. Eu falo com ela todo dia pelo telefone e de vez em quando pelo messenger, com minha sobrinha intermediando e a webcam ligada.

Então, quando nada falta, a gente só pode pedir o que é mais importante: rezem por ela, para que essa fase passe logo e ela melhore.

Um beijo grande, de cristal, para vocês.

2 Comments:

Blogger Lilicita said...

Oi mina!

Vim aqui te dar um agarrão, um xêro e um bêjo.

Só pessoas especiais, assim como você, têm pessoas especiais, ou que requerem cuidados e atenção especiais, por perto.
Fique bem, sempre.

Amado Marido é tudibão, mas avise que eu ficarei mto magoada se ele continuar escondendo seus wafers no grill.. Isso nón se faz!

8:29 AM

 
Blogger stella said...

oh, baby, desse jeito eu choro. de alegria. ;)

1:01 PM

 

Postar um comentário

<< Home