98 Telinha e seus gatinhos

no dia que eu me zangar
mato voce de carinho

Ze´ Limeira

16.2.09

estou terminando de ler pequenas epifanias, do caio fernando abreu.
conheci o autor há muito tempo, com o texto Carta Anônima, que um amigo me deu de presente. Agora, por qualquer motivo que não me lembro, comprei seu livro.
E sinto raiva.
MUITA RAIVA de não ter lido antes, de não ter lido Caio Fernando enquanto ele estava vivo, por ver que em 86 minha vida teria sido mais bela com suas palavras, por ter passado 87, 88, 89, 90, 91, 92, 93, 94 e 95 sem sua presença, por ele ter morrido antes da internet, porque, caramba, eu podia ter me apaixonado por ele há mais tempo.
Agora eu leio coisas escritas quando eu já era gente, o que é muito diferente de quando eu leio alguma coisa da Clarice Lispector. Ele fala de coisas que eu vi. Ele fala de Renato Russo e da morte do Cazuza, ele fala da posse do FHC, eu já era gente quanto tudo isso aconteceu, eu podia ter lido e escrito uma carta, sei lá.
Agora é como um espanto, o mesmo espanto que eu tive quando era criança e fui viajar com a minha mãe, e erramos o embarque na rodoviária. vimos o ônibus ir embora, esperando que voltasse, ele se foi, a gente ficou.
Caio Fernando Abreu se foi e só agora eu o conheço. Tudo bem, respiro fundo e mergulho de novo.

3 Comments:

Anonymous Daniela said...

Sou uma fã enooooorme do Caio. Conheço ele desde 85, com Morangos Mofados. Tenho todos os livros dele, e um carinho especial por Pequenas Epifanias, que eu li em um momento especial da minha vida.

Pensa o contrário, que você podia ter passado a vida sem nunca ter lido nada dele.

8:36 PM

 
Anonymous Viviane said...

Meu primeiro contato com Caio foi "Ovelhas Negras". Um conto, "O escolhido", que faz referência ao Collor, me impressionou muito. Senti um amargor, um frio na boca do estômago...
Virei fã. Como de Clarice, como de Hilda Hilst (aliás, grande amiga dele).
Bjos.

P.S: leio seu blog há muito tempo, sou aquela te viu numa Delicatessen da Tijuca, na Casa e Vídeo, na Galeria Condor... mas teve vergonha de chegar pra conversar.

10:24 PM

 
Blogger stella said...

oi, viviane,
se chegue, converse, vou ficar muito feliz de te encontrar do lado de cá da internet...

8:45 AM

 

Postar um comentário

<< Home