98 Telinha e seus gatinhos

no dia que eu me zangar
mato voce de carinho

Ze´ Limeira

27.9.11

então, numa conversa no twitter com a @ila_fox e a @adrinapoubel, lembrei do anime Marco, que assistia no SBT no comecinho dos anos 80.

A história, que eu não lembrava a trama, é sobre a mãe do Marco que vai embora e ele vai atrás, sempre escapando do encontro, vendo do porto o navio que partiu levando a mãe.

Pesquisando na wikipedia, soube que o Marco tinha mãe, pai e irmão. Moravam na Itália. Há um grande desemprego no local e a mãe vai trabalhar na Argentina. O pai e o irmão ficam trabalhando, ela escreve sempre. Um dia as cartas param e lá se vai o Marco atrás da mãe, junto com seu macaquinho Amerigo.

Eu lembro do drama, das lágrimas, da música pedindo "não se esqueça, mamãaaaaaaaae sou Maaaaaaaarco seu querido filhiiiinho!"

E pronto, foi ver isso, achar a abertura em espanhol no youtube e eu comecei a chorar. Não foi um buáaa, foram duas ou três lágrimas gordas que me deixaram com os olhos ardendo e o coração desstamainho.

ps: amado marido disse que lembra do desenho, que achava chatíssimo e tinha vontade de dar um tiro no Marco. ô, revortoso.

2 Comments:

Blogger ila fox said...

Nossa Telinha, que triste este desenho! ainda fazem desenho assim? não sei se é um pouco daquele saudosismo que toma conta da gente, mas a impressão q tenho é que os desenhos de hoje só fazem as crianças acharem que são invencíveis, que podem tudo. :-P

8:25 PM

 
Blogger Helga said...

Pobrezinho do Marco, tadinha da minha Telinha!
Chorar em desenho animado é mais a minha praia que a sua, né Tela?
Beijão boneca

5:18 PM

 

Postar um comentário

<< Home