98 Telinha e seus gatinhos

no dia que eu me zangar
mato voce de carinho

Ze´ Limeira

18.6.08

então foi assim

eu peguei na carteira os cem reais que amado marido tinha pedido para eu sacar no banco.
aí ele falou "tela, preciso fazer meu óculos amanhã. cadê a receita?"
"tá com você"
"não, tá com você"
"a receita é tua, tá com você"
"mas você que guarda essas coisas, tá com você"
"bora procurar."

então a gente procurou. revirou gavetas. abriu pastas e envelopes e nada.
prometo os três pulinhos a são longuinho e ele promete três beliscões.
explico que são longuinho não funciona assim
eu estava mexendo nas caixas de madeira da prateleira alta. comentei com amado marido:

"tenho a impressão de que vi essa receita há pouco tempo. tava mexendo nuns papéis e vi a receita, e pensei, ei, olha a receita do óculos dele"
"mas onde vc tava mexendo? numa pasta? na gaveta? no quarto?"
"não sei, é uma sensação, é como tivesse um diabinho no meu ombro rindo da minha cara, como quando a gente quer dizer uma palavra que tá na ponta da língua e não sai"

e aí deu-se o ocorrido

cai uma caixa de madeira na minha testa e tudo se espalha no chão.
solto os palavrões de praxe e no chão, dobrada, tá a receita.

que eu dizia que era num papel amarelo e ele dizia que era num papel branco. os dois estavam certos: um papel branco com post-it amarelo.

com a receita guardada e um gelinho na testa, eu tou sentada no chão, guardando os papéis na caixa.

"tela?"
"hm?"
"cadê o dinheiro?"

3 Comments:

Blogger leila said...

ooooohhhhh céus!!!!!!!!!!

9:33 PM

 
Anonymous Mani said...

Maridos...Homens que só diferenciam dos meninos pelo tamanho do brinquedo! beijos...

12:48 PM

 
Anonymous BethS said...

Viva São João, Telinha!!!

11:03 AM

 

Postar um comentário

<< Home